Todos nós mentimos nos perfis de encontro

Por Playboy Portugal

04 de October de 2017

A mentira mais comum poderá ser surpreendente.

Os perfis de encontro são como currículos vitae: ninguém diz toda a verdade. Ok, estamos a ser um pouco exagerado. Têm que existir pessoas que dizem a verdade nos sites de encontro, certo? De acordo com uma nova pesquisa da seguradora de móvel americana Insurance2go que pesquisou 1.000 daters on-line, a resposta é não, na verdade não.

Esta pesquisa descobriu que 72% dos solteiros têm um perfil nos sites ou aplicações de encontros e quase um terço diz a sua idade verdadeira. Este fenómeno de enfatizar o seu perfil é conhecido como “kittenfishing”, um novo termo no vocabulário dos encontros online que essencialmente quer dizer “apresentar-se de uma maneira irrealista e positiva”.

Mas não é só na idade que mentimos, 16% das pessoas mentem sobre a sua altura, 15% sobre o exercício físico e 14% acerca dos seus títulos profissionais. Sobre o peso mentem apenas 11%. E comparando mulheres e homens? Ora bem, as mulheres são mais propensas a mentir sobre a sua altura e o cargo, enquanto os homens são duas vezes mais propensos a mentir sobre o seu ordenado e peso, habilidades culinárias e vida social. A pesquisa também revelou que um em cada 10 dos utilizadores publica intencionalmente fotografias antigas de si próprios.

Acreditem ou não, as pessoas mais jovens são mais propensas a mentir. Numa pesquisa encomendada pela BeautifulPeople.com, o site que só conseguimos aceder se formos votados por sermos considerados “hot”, descobriu que quanto mais velhas as pessoas são, menos provável é mentirem. Isto é interessante, considerando que a idade é a mentira mais comum. Todos nós assumimos que os utilizadores mais velhos queriam ser vistos como mais novos, certo?

Mas acho que nada disto importa! Já foi estabelecido que a maioria das pessoas mente independentemente da idade. Mas não nos desanimemos! Nós podemos mentir nos nossos perfis mas também mentimos em pessoa. Todos nó temos inseguranças, portanto, desde que as nossas mentiras não sejam graves (pessoalmente, disse que meu físico era médio quando eu devia ter dito “gordito”) e não põem o pé em território antiético, somos boas pessoas. As estatísticas sugerem que, nos dias de hoje, cerca de 20% dos relacionamentos começam online. Em 2040, estima-se que 70% de nós conheceremos o nosso parceiro on-line. Ansiosos?


Playboy - A Publicação masculina mais vendida em todo o mundo!

Tags