O Tinder serve para conhecer babes ou para ficarmos com raiva das mulheres incríveis que existem no mundo e nós nunca vamos conhecer.

O Tinder é um bocado parecido como o meu whatsapp mas com mais fotografias de cada babe.

Esta aplicação é como um radar de babes, e funciona mesmo como um radar daqueles dos barcos. Às vezes detecta sardinha miúda, outras vezes peixe graúdo, e de vez em quando até uma baleia ou outra.

Mas há coisas no Tinder que me deixam muito baralhado e com crises de stress. No Tinder é preciso eu gostar de uma babe, e se ela gostar de mim (normalmente gostam 98%), nós podemos começar a falar. Quando isso acontece há um match. O problema é que há aquelas babes que dão match mas não falam connosco. E isso é uma tristeza. Se isto fosse um engate na discoteca era como se eu me chegasse ao pé de uma babe que estava no balcão e depois ficava só a olhar para ela, sem lhe dizer uma palavra, mas ali ao lado dela só a provocar.

Eu dou like a quase todas as babes do Tinder, por várias razões. A primeira é porque eu gosto de todas as babes e elas são sempre especiais e vale a pena conhecer todas e viajar nos seus encantos secretos.

A segunda é porque eu gosto de saber o perfil de mulheres que me acha atraente, mesmo que ela não faça o meu género.

Enerva-me um bocado quando eu dou like a uma babe, que nem sequer está muito dentro dos meus padrões, mas tenho a certeza que ela me vai adorar. Às vezes dou likes a algumas babes para lhes dar alguma auto-estima. A cena é que de vez em quando o tempo passa, eu espero e espero e não recebo o match dela. Há babes que se devem achar demasiado boas e deviam olhar menos para o seu nariz. Humildade é charme.

Uma coisa muito importante no Tinder é a descrição pessoal. Há babes que contam a vida toda, dizem que saber rir é fundamental, mas depois nas fotos não se vê um único sorriso. Há muitas babes que metem só uns números tipo 5'6 que eu ainda não percebi se é peso, altura, ou algum recorde que conseguiram num desporto federado.

Outra coisa muito importante é escolher uma boa foto de perfil. Tem de ser uma foto que agarre o coração num segundo. Há bué babes que metem fotografias muito pixealizadas que não dá para perceber nada do look delas. Eu não posso dar like a uma pessoa com a cara desfocada que parece daqueles procurados pela polícia. Eu procuro corações para amar, não pessoas fugidas à lei. E a minha única lei é a do amor sem limites.

Depois há muitas babes que metem fotografias em que estão com amigos. Eu nunca percebo se estas babes estão a querer mostrar que são sociáveis ou se me estão a convidar para um ménage.

Já encontrei fotografias muito estranhas. No outro dia apareceu uma selfie de uma babe vestida de noiva! Eu nem sabia se havia de dar like, ou carregar na cruz, mas depois acabei por fazer print da foto e enviei para o Selfie Sic do Jornal da Noite da Sic, só que ainda não apareceu na televisão.

Há ainda pessoas que metem fotos de comida no Tinder. Quem é que elas querem chamar a atenção? É suposto eu ficar impressionado com a foto de um bolo mármore? Se eu quiser estar com alguém que saiba fazer bolos vou a casa da minha avó, porque ela tem lá sempre alto bolo de chocolate e nozes que compra na pastelaria.

Partilha isto:
Jorge Daniel
Jorge Daniel
Sou uma pessoa que se preocupa com os outros e com o estado do mundo em geral. Acho que as pessoas às vezes deviam ter um bocado mais respeito. Sou amigo do meu amigo e inimigo do meu inimigo.