08 SEXTA

A HISTÓRIA DO HIP HOP TUGA

Os últimos 25 anos do hip hop nacional vão voltar a estar representados numa noite que não se espera menos do que épica. Depois de uma primeira versão no Sumol Summer Fest em 2017, o espectáculo aquece agora a Altice Arena. Num formato igualmente vencedor, A História do Hip Hop Tuga celebra a conquista gradual do panorama nacional, com um leque amplo de artistas ilustrativos do que melhor por cá se tem feito. Boss AC, Carlão, Halloween, Holly Hood, Piruka, Nerve, ProfJam, Sam The Kid ou até o mítico Xeg, são apenas alguns dos nomes que vão incendiar Lisboa e fazer história. Um quarto de século desta cultura, contado através de músicas sem floreados nas palavras, espera por si.

15 SEXTA

SLASH FT. MYLES KENNEDY & THE CONSPIRATORS

Estas linhas de texto poderiam simplesmente não existir, uma vez que pouco mais há a dizer dos dois detalhes acima para colocar obrigatoriamente na agenda de Março. Falta o local: Campo Pequeno. Na digressão europeia, Slash volta a visitar-nos com Myles Kennedy, desta feita para apresentar o novo álbum, Living the Dream. Se ainda não teve a oportunidade de o ver a solo ou na épica reunião com Guns N’ Roses, tem aqui um excelente pretexto para ficar esmagado pelos seus riffs de guitarra icónicos, que mais do que virtuosos, são o que melhor traduzem em palco a paixão pelo rock – e que relembram que há coisas que são mesmo imortais.

16 SÁBADO

BOCA | BIENNAL OF CONTEMPORARY ARTS

3 cidades, 52 artistas contemporâneos e 45 dias de arte no seu estado mais puro. O Festival BoCA regressa para mais uma edição com propostas inovadoras que cimentam a nossa cultura, através de um dialecto entre as artes visuais e cénicas, a performance e a música. Lisboa, Braga e Porto são os palcos que irão receber, entre 15 de Março e 30 de Abril, criações como Beyoncé Mass, que promove o poder feminino, ou um live-act do aclamado fotógrafo Wolfgang Tillmans. E recomendamos-lhe vivamente o baterista Gabriel Ferrandini e a sua criação “Rosa. Espinho. Dureza”, que navega entre o amor e o sexo.

27 QUARTA

FESTIVAL MIL

O Cais do Sodré foi convertido a um dos trampolins mais eficazes para internacionalizar a nossa cultura, e com o Festival MIL é só o casamento perfeito. 70 dos artistas emergentes nacionais estão confirmados para uma edição recheada de debates, masterclasses e muitos, muitos showcases. Blaya, Cave Story, Conan Osiris, Conjunto Corona, Filho da Mãe, Ghost Hunt, PAUS, Scúru Fitchádu, Bateu Matou, Fogo Fogo, a ex-vocalista dos Buraka Som Sistema Pongo e Pedro Mafama são alguns dos presentes. O programa inclui também grandes nomes da música de todo o mundo, num diálogo com diversos críticos e profissionais da comunicação.

Partilha isto: